Você está aqui: Página Inicial Sobre o Curso

Sobre o Curso

 PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO

 

       O projeto de um curso de pedagogia da terra na UFSCar surgiu em março de 2006, qunado uma comissão formada por representantes do Incra/SP e do MST procurou a Pró-Reitoria de Graduação da Universidade para propor a realização de cursos de graduação presenciais para os assentados beneficiarios de projetos  de reforma agrária  no estado de São Paulo através do PORNERA. A partir desta reivindicação, o pró reitor de graduação nomeou uma comissão encarregada de realizar um seminário para trocar experiências e discutir a possibilidade de elborar propostas de cursos para assentados do Estado de São Paulo.

      Em maio do mesmo ano ralizou-se o seminário "Universidade e reforma Agrária: construindo uma proposta de formação para os assentados", reunindo diferentes docentes e alunos da UFSCar, representanetes do INCRA/SP, do PRONERA  e diversas organizações sociais para apresentar e discutir o PRONERA, em termos de seus objetivos, dinâmica de funcionamento e experiências  ja implantadas.

     A partir de então, foi criado um Grupo de Trabalho, construído por docentes e estudantes da UFSCar e representantes do Incra e dos movimentos sociais, (MST, FAF, FERAESP, OMAQUESP) para dar andamento às propostas surgidas no seminário  e atender aos anseios manifestados pelos representantes dos assentados.

    Na distribuição das tarefas, coube a UFSCar elaborar o projeto educacional, após ouvir parceiros, bem como selecionar os canidatos, utilizando os meios e instrumentos estabelecidos pela instituição, além de acompanhar o desempenho dos educandos e aplicar os recursos de acordo com o previsto no plano de trabalho e o projeto.

     Aos movimentos sociais ficou a tarefa de mobilizar os interessados em participar do processo seletivo entre os assentados, articular a infra-estrutura necessária ao bom funcionamento das salas de aula e acompanhar o trabalho dos educandos assegurando a frequencia nas atividades não presenciais do tempo-comunidade, bem como acompanhar a aplicação dos recursos e execução do plano de trabalho e do projeto.

    A superintendencia do INCRA/SP coube a divulgação, articulação, implementação e acompanhamento do projeto no âmbito da Superintendencia, bem como o acompanhamento e avaliação do andamento do projeto e da aplicação dos recursos de acordo com o plano de trabalho e o projeto.

   O curso foi criado atraves do programa nacional e educação na reforma arária -PRONERA. Um programa que surgiu em 1998, a partir das reivindicações dos movimentos sociais do campo, ao então Ministério Extraordinário de Política Fundiária e vinculao ao Gavinete do Ministro, sendo que a partir de 2001 o programa foi incorporado ao INCRA, que se tornou o responsável direto pela sua operacionalização.

    O curso de pedagogia daterra da UFSCar apóia-se nas Diretrizes Operacionais para a Educação Básica na Escolas do Campo (aprovada pelo parecer 36/2001m em 14/12/01). No artigo 7.º da referida diretriz há menção às estratégias especificas de atendimento escolar do campo e a flexibilização da organização do calendário escolar, podendo organizar o ano letivo independente do ano civil.

Ações do documento
« Setembro 2017 »
Setembro
SeTeQuQuSeSaDo
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930
 
Site Desenvolvido por: José Leite Neto